Nova política de biocombustíveis


O governo planeja trazer uma nova política para promover o uso de biocombustíveis em transportes que catalisará Rs 1 lakh crore, segundo o ministro do Petróleo, Dharmendra Pradhan. A Índia importa 80% das suas necessidades de petróleo bruto e o uso de biocombustíveis extraídos de óleos não comestíveis ajudará a atingir o objetivo de reduzir as importações em 10% até 2022. As empresas estatais de comercialização de petróleo “Indian Oil Corp (COI), Bharat Petroleum Corp Ltd (BPCL) e Hindustan Petroleum Corp Ltd (HPCL)” comprometeram investimentos de US$ 2 bilhões em pesquisa e desenvolvimento em biocombustíveis, além do governo ter pedido às companhias estatais de petróleo que criem plantas de etanol em 12 locais no próximo ano. "Promover biocombustíveis cria empregos, promove o crescimento econômico, apoia os agricultores e ajuda a melhorar a segurança energética para o país", disse Dharmendra Pradhan.