A Índia frente à Pandemia do Coronavírus









Por Adriano Andrade

Analista da Câmara de Comércio Índia Brasil

Relações Internacionais.



A Índia, por fazer fronteira com a China, vem se atentando à evolução do COVID-19 constantemente desde o início das preocupações das autoridades chinesas e, posteriormente, europeias. Desde que os primeiros casos foram registrados no país, o Ministério da Saúde do Governo da Índia começou um trabalho árduo na orientação de nacionais e viajantes de como evitar a transmissão do vírus.


Dentro de todo o contexto do COVID-19, Modi, para a surpresa de todos, convocou por chamada de vídeo a liderança da Associação Asiática para Cooperação Regional (SAARC), no dia 13 de março, para tratar de uma estratégia coletiva para o combate ao vírus, classificado como pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS).Todos os países, felizmente, responderam positivamente à chamada de Modi, inclusive o Paquistão.


Com o aumento dos casos no subcontinente asiático, o governo teve que começar a tomar medidas mais árduas no intuito de prevenir o avanço da doença em seu território. Nisso, medidas entre o Ministério da Saúde e o Ministério das Relações Exteriores passaram a ser emitidas e atualizadas diariamente afim de controlar o fluxo migratório nos portos e aeroportos de entrada e saída do país. As ações começaram com o veto da entrada de viajantes advindos de países já afetados pelo COVID-19, tais como China e Itália, e com a suspensão de vistos concedidos à turistas que ainda não haviam realizado a chegada no país, evitando viagens não essenciais. Nota sobre nota, o governo decidiu, no dia 19 de março, que as suas fronteiras deveriam ser fechadas à todos os voos comerciais advindas de quaisquer países, assim como aos que partiriam de lá, devendo os estrangeiros, que desejassem retomar aos seus países, deixar a Índia até o 22 de março, podendo esta ação ser prorrogada sem aviso prévio.




Diante do decreto desta medida, a Embaixada do Brasil em Nova Delhi iniciou brilhantemente uma força tarefa de orientação, mapeamento e manejo dos brasileiros no país para garantir que todos pudessem embarcar seguramente ao Brasil. Em publicação no Twitter, a Embaixada Brasileira conseguiu realizar o embarque de 43 brasileiros, que cantaram, meditaram e refletiram no aeroporto enquanto aguardavam seu embarque. Aos brasileiros que optaram por permanecer no país, em caso de emergências consulares, incluindo coronavírus, devem entrar em contato pelos telefones +91 9810-697829 e +91 9810-202249. Para questões não emergenciais, estes devem ligar para +91 11 2301 730 ou enviar um e-mail para consular.newdelhi@itamaraty.gov.br.


No dia 24, terça-feira, o Primeiro Ministro Indiano, Narendra Modi, decretou o início de uma quarentena horizontal a nível nacional. De acordo com o Nexo Jornal, com mais de um bilhão de habitantes, a Índia representará a maior quarentena do mundo, numa proporção de 1/3 da população mundial. Tal anúncio foi realizado quando o país ainda registra baixos índices de contaminação.


“A única maneira de nos salvarmos do coronavírus é não sairmos de casa. Aconteça o que acontecer, fiquem em casa. Todo distrito, toda rua, toda aldeia ficará em quarentena”
Narendra Modi, Primeiro Ministro da Índia, em pronunciamento em cadeia de Rádio e TV no dia 24 de março de 2020.


Até o dia 29 de março (domingo), o site do Ministério da Saúde Indiano registrou os seguintes dados:




No intuito de se preparar quanto à capacidade de atendimento às grandes demandas que estão para aumentar drasticamente nas próximas semanas, o governo indiano está estudando estratégias de operação. Dentre elas, destaca-se a conversão de trens em enfermarias para atender pessoas infectadas com o vírus. A montagem do protótipo dos vagões teve início no dia 28 de março, em Kamakhya, no estado de Assam. Com um acordo entre o governo indiano e a Indian Railways, empresa que administra as operações ferroviárias do país, serão construídos aproximadamente 10 vagões-enfermarias em cada uma das 16 zonas de operação ferroviária.



No Brasil, as Representações Diplomáticas do Governo da Índia estão operando sob as orientações de prevenção ao vírus. Os indianos que desejarem atendimentos diplomáticos, estão sendo direcionados à Embaixada da Índia em Brasília e ao Consulado Geral da Índia em São Paulo por meio dos canais emergenciais de contato. No entanto, é preciso estar atento à jurisdição indiana no Brasil para uma melhor orientação. Desta forma, se o indiano é residente ou se encontra nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina ou Rio Grande do Sul, este deve se dirigir ao Consulado Geral da Índia em São Paulo, que está realizando atendimento por meio do número +55 11 99451-8224 ou pelo e-mail cons.saopaulo@mea.gov.in. Já os indianos presentes nos outros estados do Brasil devem se dirigir à Embaixada em Brasília, que disponibilizou o hotline +55 61 98139-1127. Os Consulados da Índia no Rio de Janeiro e em Minas Gerais continuam operando de maneira remota por meio dos seguintes e-mails e telefones:


  • Consulado Geral A.H da Índia no Rio de Janeiro - consulate@indianconsulaterj.org.br - Tel.: (21) 97405-0285

  • Consulado Geral A.H da Índia em Minas Gerais - consulate@indianconsulatemg.org.br - Tel: (31) 98481-3694


Por fim, diante do cenário apresentado, pode-se notar a Índia como um país que está se preparando para as surpresas do COVID-19. Embora "relativamente" com poucos casos se comparado ao tamanho da sua população, o governo acredita que os índices subirão rapidamente na próxima semana e, por isso, estão buscando alternativas estratégicas para receber pessoas infectadas. Enquanto isso, as Representações Diplomáticas do Governo da Índia trabalham na orientação de indianos fora do país, publicando em seus canais digitais constantes atualizações acerca das informações e das medidas a serem tomadas para os próximos dias.

Fontes: https://www.linkedin.com/pulse/%C3%ADndia-frente-%C3%A0-pandemia-do-coronav%C3%ADrus-adriano-andrade/




Entre em Contato
Belo Horizonte
+55 31 3055-3836 | +55 31 8481-3694
Bernardo Guimarães, 245, 5° andar Funcionários - Belo Horizonte / MG
Rio de Janeiro
+55 21 97405-0285
Praça Pio X, 15, 4º andar - Centro
Rio de Janeiro / RJ
São Paulo
Avenida das Nações Unidas, 12.901
- 25º Andar - Centro Empresarial
Nações Unidas - Torre Oeste - Brooklin - São Paulo / SP
Copyright © 2018 by Câmara de Comércio Índia Brasil.