O governo indiano exige visto de entrada a todos os cidadãos estrangeiros. No Brasil, os vistos podem ser obtidos na Embaixada da Índia em Brasília (http://www.indianembassy.org.br/), no Consulado Geral da Índia em São Paulo (http://www.indiaconsulate.org.br/) ou através do Consulado A.H. da Índia de Minas Gerais, em Belo Horizonte (http://www.indiaconsulatemg.org/).

Seguem abaixo as instruções para obtenção de visto através Consulado A.H. da Índia em Minas Gerais:

VISTO DE TURISMO

Saiba mais

Documentação:

  • Preencher formulário no site: https://indianvisaonline.gov.in/visa– Conforme Dados do Passaporte. É obrigatório o upload online da foto;
    • Aplicantes residentes em Minas Gerais devem escolher a Missão Brasil/Brasília ao preencher o formulário dos vistos.
  • Passaporte válido por no mínimo 6 meses;
  • 3 (três) fotos 5cmx5cm – a MESMA foto que tenha sido incluída no formulário online.
  • Certificado Internacional de Vacina contra Febre Amarela na validade;
  • Formulário impresso e assinado nos dois locais indicados;
  • Taxa do visto de Turismo (em cheque administrativo) validade: até 1 ano – R$ 315,00;
  • Taxa do visto de Turismo (em cheque administrativo) validade: de 1 a 5 anos – R$ 630,00.
  • Taxa de Serviço ICWF (em cheque administrativo) – R$10,00 (pagamento feito separadamente da taxa de visto);
  • Taxa para SEDEX – R$ 60,00 (em cheque administrativo);
  • Taxa de Telex, se o requerente for estrangeiro ou brasileiro com dupla nacionalidade – sem custo.
  • Cópia do RNE, se o requerente for estrangeiro residente no Brasil.
  • Taxa de serviço consular: R$140,00 pagamento em dinheiro, por aplicante.

*Na situação de estrangeiros e dupla cidadania, ressaltamos o prazo mínimo de 7 (sete) dias úteis apenas para a verificação junto á Embaixada da Índia no país da segunda cidadania.

* Nacionais do Afeganistão, da África do Sul, da Argentina, de Bangladesh, da Jamaica, das Maldivas, de Maurício, da Mongólia, da República Democrática da Coreia e do Uruguai são isentos da taxa de Visto de Turismo.

* Informações não válidas para aplicantes da AIESEC. Neste caso, os aplicantes devem entrar em contato com a instituição para verificar a documentação exigida.

E-TURISMO

Saiba mais

O Governo da Índia conferiu aos os cidadãos brasileiros a facilidade do Visto de Turismo Eletrônico (e-TV). Podem beneficiar-se dessa modalidade de visto os viajantes cujas únicas motivações de viagem sejam turismo, recreação, visitas informais a amigos ou familiares, tratamentos médicos de curta duração e reuniões informais de negócios.

O visto tem duração de 30 dias a partir da data de chegada na Índia e permite apenas uma única entrada. O Visto de Turismo Eletrônico não pode ser prorrogado ou convertido para outros tipos de visto. O Visto de Turismo Eletrônico pode ser requisitado por no máximo duas vezes ao ano.

Os cidadãos que desejem entrar na Índia com o Visto de Turismo eletrônico devem obrigatoriamente chegar por um dos aeroportos listados abaixo:

Nova Déli, Mumbai, Chennai, Kolcatá, Trivandrum, Bangalore, Hyderabad, Kochi, Goa, Ahmedabad, Amritsar, Gaya, Jaipur, Lucknow, Trichy, Varanasi.

O visto pode ser solicitado através do link: https://indianvisaonline.gov.in/visa/index.html

  • Disponível apenas para viajantes internacionais cujas únicas motivações de viagem à Índia sejam turismo, recreação, visitas informais a amigos ou familiares, tratamentos médicos de curta duração e reuniões informais de negócios.
  • O passaporte deve ter a validade mínima de seis meses.
  • Os viajantes devem ter passagem de regresso ou passagem para os outros destinos de sua jornada, além de recursos em dinheiro suficientes para garantir sua estada na Índia.
  • Os visitantes com passaporte da República Islâmica do Paquistão ou com origem paquistanesa devem solicitar o visto de turismo regular em um consulado ou embaixada da Índia.
  • Essa modalidade não está disponível aos detentores de passaportes oficiais ou diplomáticos.

Como Solicitar:

  • Antecedência: os solicitantes devem solicitar o Visto de Turismo Eletrônico com antecedência mínima de 4 dias em relação à data de desembarque na Índia. Exemplo: Se você está solicitando o visto em 01 de setembro, você poderá escolher a data de chegada entre 5 de setembro a 4 de outubro.
  • Upload de documentos e foto: Durante o processo de solicitação online, o requerente deve fazer o upload de uma fotografia recente e frontal do rosto, com fundo branco, além das páginas do passaporte em que estejam a foto e os dados pessoais (nome, data de nascimento, nacionalidade, data de validade etc.). A solicitação é passível de rejeição se o passaporte e fotografia inseridos não estiverem legíveis e conforme as especificações.
  • Taxa: o solicitante deve pagar a taxa de US$ 60 (sessenta dólares norte-americanos) por passageiro, além dos encargos dos cartões de débito/crédito. A taxa deve ser paga com antecedência mínima de 4 (quatro) dias em relação ao desembarque na Índia. Uma vez paga, a taxa não será reembolsada.
  • Impressão: o solicitante deve imprimir e portar consigo a Autorização Eletrônica de Viagem (ETA), enviada por e-mail. Esse papel deve ser entregue às autoridades competentes no aeroporto indiano de chegada. As informações biométricas do solicitante serão coletadas pelo Serviço de Imigração em sua chegada à Índia.

 

VISTO DE NEGÓCIOS

Saiba mais

Documentação:

  • Passaporte válido por no mínimo 6 meses.
  • Preencher formulário no site: indianvisaonline.gov.in/visa– Conforme Dados do Passaporte. É obrigatório o upload online da foto.
  • Aplicantes residentes em Minas Gerais devem escolher a Missão Brasil/Brasília ao preencher o formulário dos vistos.
  • 3 (três) fotos tamanho 5cm x 5cm com fundo branco – a MESMA foto que tenha sido incluída no formulário online.
  • Certificado Internacional Contra Febre Amarela na validade.
  • Formulário impresso e assinado nos dois locais indicados.
  • Carta de Apresentação da empresa Brasileira à qual está vinculado, estando apta a arcar com todas as despesas.
  • Carta convite da empresa Indiana de interesse.
  • Taxa do visto de Negócios (em cheque administrativo) validade: 1 ano – R$ 380,00
  • Taxa do visto de Negócios (em cheque administrativo) validade: 1 a 5 anos – R$ 785,00.
  • Taxa de Serviço ICWF (em cheque administrativo) – R$10,00 (pagamento feito separadamente da taxa de visto)
  • Taxa para SEDEX – R$ 60,00 (em cheque administrativo)
  • Taxa de Telex, se o requerente for estrangeiro ou brasileiro com dupla nacionalidade – sem custo.
  • Cópia do RNE, se o requerente for estrangeiro residente no Brasil.
  • Taxa de serviço consular: R$140,00 pagamento em dinheiro, por aplicante

 

* Na situação de estrangeiros e dupla cidadania, ressaltamos o prazo mínimo de 7 (sete) dias úteis apenas para a verificação junto á Embaixada da Índia no país da segunda cidadania.

* Nacionais do Afeganistão, da África do Sul, de Bangladesh, da Jamaica, das Maldivas, de Maurício, da Mongólia, da República Democrática da Coreia e do Uruguai são isentos do pagamento de taxa de visto.

* Informações não válidas para aplicantes da AIESEC. Neste caso, os aplicantes devem entrar em contato com a instituição para verificar a documentação exigida.

 

VISTO DE TRABALHO

Saiba mais

Documentação:

  • Preencher formulário no site: indianvisaonline.gov.in/visa– Conforme Dados do Passaporte. É obrigatório o upload online da foto;
  • *Aplicantes residentes em Minas Gerais, devem escolher a Missão Brasil/Brasília ao preencher o formulário dos vistos.
  • Passaporte válido por no mínimo 6 meses;
  • 3 (três) fotos tamanho 5cm x 5cm com fundo branco – a MESMA foto que tenha sido incluída no formulário online;
  • Certificado Internacional Contra Febre Amarela na validade;
  • Formulário impresso e assinado nos dois locais indicados;
  • Carta de oferta de emprego;
  • Contrato de trabalho em inglês;
  • Prova de qualificação educacional e qualificação profissional;
  • Comprovante do seguro de saúde;
  • Taxa do visto de Trabalho (em cheque administrativo) validade: até 6 meses – R$ 380,00;
  • Taxa do visto de Trabalho (em cheque administrativo) validade: 6 meses a 1 ano – R$ 630,00;
  • Taxa do visto de Trabalho (em cheque administrativo) validade: 1 a 5 anos – R$ 940,00;
  • Taxa de Serviço ICWF (em cheque administrativo) – R$10,00 (pagamento feito separadamente da taxa de visto);
  • Taxa para SEDEX – R$ 60,00 (em cheque administrativo);
  • Taxa de Telex, se o requerente for estrangeiro ou brasileiro com dupla nacionalidade – sem custo;
  • Cópia do RNE, se o requerente for estrangeiro residente no Brasil;
  • Taxa de serviço consular: R$140,00 pagamento em dinheiro, por aplicante.

* Na situação de estrangeiros e dupla cidadania, ressaltamos o prazo mínimo de 7 (sete) dias úteis apenas para a verificação junto á Embaixada da Índia no país da segunda cidadania.

* Nacionais do Afeganistão, da África do Sul, de Bangladesh, da Jamaica, das Maldivas, de Maurício, da Mongólia, da República Democrática da Coreia e do Uruguai são isentos do pagamento de taxa de visto.

* Informações não válidas para aplicantes da AIESEC. Neste caso, os aplicantes devem entrar em contato com a instituição para verificar a documentação exigida.

 

VISTO DE CONFERÊNCIA

Saiba mais

Documentação:

  • Preencher formulário no site: indianvisaonline.gov.in/visa– Conforme Dados do Passaporte. Lembramos que é obrigatório o upload online da foto;
  • *Aplicantes residentes em Minas Gerais, devem escolher a Missão Brasil/Brasília ao preencher o formulário dos vistos.
  • Passaporte válido por no mínimo 6 meses;
  • 3 (três) fotos tamanho 5cm x 5cm com fundo branco – a MESMA foto que tenha sido incluída no formulário online;
  • Certificado Internacional Contra Febre Amarela na validade;
  • Formulário impresso e assinado nos dois locais indicados;
  • Taxa do visto de Conferência (em cheque administrativo) validade: até 6 meses – R$ 255,00;
  • Carta convite da conferência nominal ao aplicante;
  • Carta do Ministério / Autoridade do Governo Indiano relacionada à Conferência (obtida junto aos organizadores da Conferência);
  • Taxa de Serviço ICWF (em cheque administrativo) – R$10,00 (pagamento feito separadamente da taxa de visto);
  • Taxa para SEDEX – R$ 60,00 (em cheque administrativo);
  • Taxa de Telex, se o requerente for estrangeiro ou brasileiro com dupla nacionalidade – sem custo;
  • Cópia do RNE, se o requerente for estrangeiro residente no Brasil;
  • Taxa de serviço consular: R$140,00 pagamento em dinheiro, por aplicante.

* Na situação de estrangeiros e dupla cidadania, ressaltamos o prazo mínimo de 7 (sete) dias úteis apenas para a verificação junto á Embaixada da Índia no país da segunda cidadania.

* Nacionais do Afeganistão, da África do Sul, de Bangladesh, da Jamaica, das Maldivas, de Maurício, da Mongólia, da República Democrática da Coreia e do Uruguai são isentos do pagamento de taxa de visto.

 

VISTO DE ESTUDANTE

Saiba mais

Documentação:

  • Preencher formulário no site: indianvisaonline.gov.in/visa– Conforme Dados do Passaporte. É obrigatório o upload online da foto;
  • *Aplicantes residentes em Minas Gerais devem escolher a Missão Brasil/Brasília ao preencher o formulário dos vistos.
  • Passaporte válido por no mínimo 6 meses;
  • 3 (três) fotos tamanho 5cm x 5cm com fundo branco – a MESMA foto que tenha sido incluída no formulário online;
  • Certificado Internacional Contra Febre Amarela;
  • Formulário impresso e assinado nos dois locais indicados;
  • Carta de admissão da instituição / escola com estrutura de taxas;
  • Certificado de Não Objeção do Ministério da Saúde da Índia, se o estudante tiver sido aprovado para um médico ou paramédico;
  • Extrato bancário atual do aplicante ou do patrocinador;
  • Taxa do visto de Estudante (cheque administrativo) validade: duração do curso ou até 5 anos – R$ 255,00;
  • Taxa de Serviço ICWF (em cheque administrativo) – R$10,00 (pagamento feito separadamente da taxa de visto);
  • Taxa para SEDEX – R$ 60,00 (em cheque administrativo);
  • Taxa de Telex, se o requerente for estrangeiro ou brasileiro com dupla nacionalidade – sem custo;
  • Cópia do RNE, se o requerente for estrangeiro residente no Brasil;
  • Taxa de serviço consular: R$140,00 pagamento em dinheiro, por aplicante.

* Na situação de estrangeiros e dupla cidadania, ressaltamos o prazo mínimo de 7 (sete) dias úteis apenas para a verificação junto á Embaixada da Índia no país da segunda cidadania.

* Nacionais do Afeganistão, da África do Sul, de Bangladesh, da Jamaica, das Maldivas, de Maurício, da Mongólia, da República Democrática da Coreia e do Uruguai são isentos do pagamento de taxa de visto.

 

VISTO DE ENTRADA

Saiba mais

Documentação:

  • Preencher formulário no site: indianvisaonline.gov.in/visa– Conforme Dados do Passaporte. Lembramos que é obrigatório o upload online da foto;
  • *Aplicantes residentes em Minas Gerais, devem escolher a Missão Brasil/Brasília ao preencher o formulário dos vistos.
  • Passaporte válido por no mínimo 6 meses;
  • 3 (três) fotos tamanho 5cm x 5cm com fundo branco – a MESMA foto que tenha sido incluída no formulário online;
  • Certificado Internacional Contra Febre Amarela;
  • Formulário impresso e assinado nos dois locais indicados;
  • Carta convite nominal ao aplicante;
  • Taxa de Serviço ICWF (em cheque administrativo) – R$10,00 (pagamento feito separadamente da taxa de visto);
  • Taxa do visto de Entrada (em cheque administrativo) validade: até 6 meses – R$ 255,00;
  • Taxa do visto de Entrada (em cheque administrativo) validade: 6 meses a 1 ano – R$ 380,00;
  • Taxa do visto de Entrada (em cheque administrativo) validade: 1 a 5 anos – R$ 630,00;
  • Taxa para SEDEX – R$ 60,00 (em cheque administrativo);
  • Taxa de Telex, se o requerente for estrangeiro ou brasileiro com dupla nacionalidade – sem custo;
  • Cópia do RNE, se o requerente for estrangeiro residente no Brasil;
  • Taxa de serviço consular: R$140,00 pagamento em dinheiro, por aplicante.

* Na situação de estrangeiros e dupla cidadania, ressaltamos o prazo mínimo de 7 (sete) dias úteis apenas para a verificação junto á Embaixada da Índia no país da segunda cidadania.

* Nacionais do Afeganistão, da África do Sul, de Bangladesh, da Jamaica, das Maldivas, de Maurício, da Mongólia, da República Democrática da Coreia e do Uruguai são isentos do pagamento de taxa de visto.

* Informações não válidas para aplicantes da AIESEC. Neste caso, os aplicantes devem entrar em contato com a instituição para verificar a documentação exigida.

 

VISTO DE TRANSITO

Saiba mais

Para aplicantes com destino para outro país, passando pela Índia, sem permanência na Índia.

* O Visto de Trânsito é necessário apenas para aqueles que, durante o trânsito para um terceiro país, precisem passar pelo controle imigratório da Índia nos aeroportos, nos portos ou nos postos de controle terrestres.

Documentação:

  • Preencher formulário no site: indianvisaonline.gov.in/visa– Conforme Dados do Passaporte. Lembramos que é obrigatório o upload online da foto;
  • *Aplicantes residentes em Belo Horizonte, devem escolher a Missão Brasil/Brasília ao preencher o formulário dos vistos.
  • Passaporte válido por no mínimo 6 meses;
  • 3 (três) fotos tamanho 5cm x 5cm com fundo branco – a MESMA foto que tenha sido incluída no formulário online;
  • Certificado Internacional Contra Febre Amarela;
  • Formulário impresso e assinado nos dois locais indicados;
  • Cópia do bilhete aéreo;
  • Taxa do visto de Trânsito (em cheque administrativo) validade: 15 dias – R$ 65,00;
  • Taxa de Serviço ICWF (em cheque administrativo) – R$10,00 (pagamento feito separadamente da taxa de visto);
  • Taxa para SEDEX – R$ 60,00 (em cheque administrativo);
  • Taxa de Telex, se o requerente for estrangeiro ou brasileiro com dupla nacionalidade – sem custo;
  • Cópia do RNE, se o requerente for estrangeiro residente no Brasil;
  • Taxa de serviço consular: R$140,00 pagamento em dinheiro, por aplicante.

* Na situação de estrangeiros e dupla cidadania, ressaltamos o prazo mínimo de 7 (sete) dias úteis apenas para a verificação junto á Embaixada da Índia no país da segunda cidadania.

* Nacionais do Afeganistão, da África do Sul, de Bangladesh, da Jamaica, das Maldivas, de Maurício, da Mongólia, da República Democrática da Coreia e do Uruguai são isentos do pagamento de taxa de visto.

 

VISTO DE JORNALISTA

Saiba mais

Um visto de Jornalista (J) é emitido para um estrangeiro que seja jornalista.

Documentação:

  • Preencher formulário no site: indianvisaonline.gov.in/visa– Conforme Dados do Passaporte. Lembramos que é obrigatório o upload online da foto;
  • *Aplicantes residentes em Minas Gerais, devem escolher a Missão Brasil/Brasília ao preencher o formulário dos vistos.
  • Passaporte válido por no mínimo 6 meses;
  • 3 (três) fotos tamanho 5cm x 5cm com fundo branco – a MESMA foto que tenha sido incluída no formulário online;
  • Certificado Internacional Contra Febre Amarela;
  • Formulário impresso e assinado nos dois locais indicados;
  • Carta endereçada ao Embaixador, na qual o projeto e as intenções sejam detalhados
  • Declaração do veículo de comunicação informando os assuntos a serem abordados
  • Declaração da empresa assegurando o pagamento dos custos da viagem
  • Sinopse detalhada, em inglês, das atividades a serem desenvolvidas na Índia
  • Lista e dados pessoais dos integrantes da equipe
  • Lista e especificações técnicas dos equipamentos
  • Lista dos locais e das datas de gravação
  • Cópia do passaporte estrangeiro, se o requerente for brasileiro com dupla nacionalidade
  • Cópia do RNE, se o requerente for estrangeiro residente no Brasil
  • Taxa para Visto para Jornalista (validade de até seis meses / uma, duas ou múltiplas entradas com anuência do Chefe da Missão Diplomática) – R$ 255,00
  • Taxa ICWF – Fundo de Bem Estar da Comunidade Indiana (o pagamento é feito separadamente da taxa de visto) – R$ 10,00
  • Taxa para SEDEX, caso deseje enviar e receber a documentação pelos Correios – R$ 60,00
  • Taxa de Telex, se o requerente for estrangeiro ou brasileiro com dupla nacionalidade – Sem Custo

* Nacionais do Afeganistão, da África do Sul, de Bangladesh, da Jamaica, das Maldivas, de Maurício, da Mongólia, da República Democrática da Coreia e do Uruguai são isentos do pagamento de taxa de visto.

*Todas estas informações estão sujeitas a modificação sem aviso prévio.
**Deve-se levar o certificado nacional de vacina contra febre amarela ao prédio da Anvisa, que se localiza no seguinte endereço:
Rua Paraíba 523, Funcionários
Belo Horizonte, MG
Telefone: (31)3246-5026
Horário de funcionamento: Segunda a sexta de 9 hrs as 17 hrs.
Mais informações: http://www.pbh.gov.br/smsawww.pbh.gov.br/smsa/vigilancia,
A vacina pode ser obtida na Rua Paraíba, 890
***www.indiaconsulatemg.org